Engenheiro Criativo - Ensinando você a ter soluções criativas para problemas de seu cotidiano

Porque Exigir Menos de Você Ajuda a Alcançar Seus Objetivos

Reconhecer que às vezes não conseguimos nos manter 100% focados pode ser um caminho para o sucesso.

Por Janilton Maciel Ugulino dia em Diversos

Porque Exigir Menos de Você Ajuda a Alcançar Seus Objetivos
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Já estamos no final de março, muitas resoluções e desejos o qual almejamos e traçamos como metas para o Ano Novo já foram deixadas para lá – entre um terço e a metade de nós já desistiu delas no segundo mês do ano, concordas comigo?

Vários pequenos estudos apontam que 40% de nós determinamos esse tipo de objetivo, mas menos da metade continua comprometida com eles durante o ano. Uma pesquisa indicou que apenas 8% dos participantes conquistaram suas metas em algum período do ano, sabes me dizer se você você faz parte desse seleto grupo?

Embora essas resoluções sejam famosas pela dificuldade de alcançá-las, e na maioria dos casos é uma mera questão de darmos o “ponta pé” inicial, pois com mostra as leis físicas de Isaac Newton é mais foda entrar no movimento que mante-lo, contudo isso não impede as pessoas de tentar. Sendo assim, aqui vai uma tática para determinar – e perseguir – seus objetivos.

Uma "trapaça de baixo custo" pode ajudar as pessoas a chegarem lá. Isso é que mostra um estudo de Marissa Sharif, professora de marketing da Universidade da Pensilvânia.

 Porque Exigir Menos de Você Ajuda a Alcançar Seus Objetivos
Professora Marissa Sharif foto de site pessoal

Como Funciona

Uma abordagem "tudo ou nada" é completamente errada, sugere a pesquisa de Sharif, não adianta forçar, pois dá fôlego total a suas ideias muitas das vezes é muito desesperadora e desestimulante.

Ela diz que, em vez disso, devemos prever "reservas de emergência" durante o processo de criar metas, as metas nada mais são que objetivos, assim nossas metas fundida com os indicadores, servem para nos colocar de volta ao percurso original que nos leva a realizações de nossos sonhos.

É claro que aqueles que seguem programas de emagrecimento ou poupança podem já estar acostumados com a estratégia de criar válvulas de escape para diminuir a pressão e seguir adiante, mas que é muito foda, isso tenho que admitir.

Porque Exigir Menos de Você Ajuda a Alcançar Seus Objetivos
Uma 'trapaça de baixo custo' pode ajudar as pessoas a chegarem lá, dizem cientistas

Uma flexibilidade estruturada, incluindo dias de escapada, podem nos ajudar a manter a motivação, contudo até essas pseudos escapadas tem que ser planejada, pois ajudar a aliviar as pressões intracraniana, é o que chamo de sistema excretor do processo criativo.

Realmente ajuda a colocar pra fora, todas as porcarias que impedem o avanço de nossos objetivos, e libera mais espaço para absorção de ideias inovadoras para a solução de nossos problemas que se geraram ao longo de todo o processo de criação mecanismo que nos levam a realização dos objetivos.

Ainda assim, muitas pessoas são muito rígidas na hora de determinar objetivos. Ao sermos muito restritos, fazemos com que nossos objetivos sejam menos alcançáveis, diz Sharif.

Um exemplo vem de um estudo. Nele, 273 pessoas usaram um aplicativo de smartphone para contar seus passos durante um mês.

O primeiro grupo deveria atingir um número específico e individual de passos, como 7 e 10 mil por dia, sete dias por semana. Um segundo deveria atingir sua cota de passos em cinco dias ou mais. Um terceiro tinha sete dias para completar o número, mas com direito a dois dias por semana para não fazer nada. Por fim, um quarto grupo espalharia esses dias de trapaça pelo mês.

Vejam os resultados obtidos, as pessoas que tinham dias de fuga alcançaram mais vezes seu objetivo diário de passos do que as que não podiam trapacear. Elas também tinham uma média maior de número de passos, e mesmo assim conseguiam.

Qual o Impacto

Sharif diz que esse tipo de estratégia funciona de duas maneiras.

Primeiro, as pessoas tentam não usar suas reservas - querem guardar para o caso de precisarem delas mais tarde, isto é, só usam quando necessário. Elas também se sentem mal em usá-las sem ter um motivo importante para isso, como sempre a consciência trabalhando para o bem, pois bem lá no fundo somos pessoas corretas. Em segundo lugar, se você precisar escapar, você se sente menos culpado por isso, e portanto menos propenso a abandonar o objetivo final, explica.

Essa tática ajuda as pessoas a manterem o foco em seu objetivo a longo prazo, e mesmo assim a terem uma qualidade de vidae tornar nossas atividades menos estressantes.

"Os objetivos são iniciados ao se fazer uma escolha para alcançar algo, mas são as escolhas feitas no momento que te levam lá. E uma dessas escolhas é permitir a si mesmo algumas 'reservas de emergência'."

É o que chamamos em gestão gerencial de folgas programadas, pois a maiorias dos engenheiros, por exemplo, quando atrasam um serviço na linha de balanço a primeira e única decisão que eles para recuparar o cronograma é contratar pessoas para aumentar o efetivo, e isso dobrando o custo que já era alto, devido o atraso que se deu.

Mas há limitações quanto ao uso dessas técnicas. Se as pessoas têm muitas opções para escapar – por exemplo, um objetivo de ir à academia sete vezes por semana com quatro dias de falta emergencial –, elas podem tirar vantagem delas, o que pode prejudicar a performance, diz Sharif.

Realmente temos que ser inteligentes e ao mesmo tempo criativos para acharmos ideias na utilização das reservas emergenciais, ou as pessoas podem simplesmente se sentir desmotivadas se ultrapassarem o número de "fugas" que estipularam.

Além disso, as pessoas têm diferentes motivações para alcançar seus objetivos, fazendo com que a técnica seja estremamente pessoal, então se queres aprender a gerar resultado tens que aprender a se conhecer e acima de tudo aprender a ser uma pessoa criativa.

Assim, uma flexibilidade estruturada pode funcionar para alguns, mas pode ser desmotivadora para outros que prefiram não ter um botão de reserva.

Atente para sua melhor escolha papai.

Autor: Janilton Maciel Ugulino
E-mail: janilton@lean.eng.br

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Porque Exigir Menos de Você Ajuda a Alcançar Seus Objetivos

Enviando Comentário Fechar :/