Engenheiro Criativo - Ensinando você a ter soluções criativas para problemas de seu cotidiano

O Aprendizado do Fracasso

Que nosso modelo de ensino é arcaico e ultrapassado e que nos leva na maioria das vezes ao insucesso, isso muitos de nós já sabíamos, contudo mais importante que evitar tropeços, é aprender a levantar, nossos erros são LIÇÕES.

Por Janilton Maciel Ugulino dia em Diversos

O Aprendizado do Fracasso
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Pelo fato de minha formação em engenharia, gostaria aqui de começar fazendo uma analogia dos ambientes educacionais com estradas bem pavimentadas, onde nelas professores e alunos dirigem com total visibilidade e com relativa certeza de onde querem chegar. Contudo como venho mostrado no Projeto Engenheiro Criativo trata-se de um grande engano. A vida real é, naturalmente, cheia de buracos, às vezes sem acostamentos, e periodicamente carregada de densa neblina.

Ou seja, a maioria das metodologias educacionais, envolvendo os respectivos procedimentos e abordagens, tem tradicionalmente adotado como objetivo central evitar as falhas dos alunos. Fundamentalmente, o ensino tradicional, ao informar, o faz para que o educando acerte e evite, a qualquer custo, os erros. De forma resumida, ter sucesso, normalmente, quer dizer não levar tombos, sabendo responder as questões corretamente e completando positivamente e no menor tempo possível os desafios apresentados é o um dos primeiros bloqueios que chamo, Bloqueio do Gabarito.

A título de exemplo, num teste padrão de múltipla escolha interessa, em geral, somente a resposta certa, sendo que, usualmente, as respostas erradas nada mais são do que respostas erradas. A educação contemporânea, no contexto dos usos adequados das tecnologias digitais, diverge frontalmente de tal postura, até mesmo porque conforme Tony Robbins a resposta mais criativa nunca é a primeira. Atualmente tendemos a aproveitar tanto a resposta certa, valorizando o aprendido, como elemento que ilumina os caminhos de superação das deficiências. Os erros, potencialmente, podem dizer mais sobre o educando do que o acerto eventual. Analítica da aprendizagem (“learning analytics”, em inglês), é ferramenta indispensável na compreensão de quem é o educando, incluindo saber mais e melhor sobre seus predicados e fragilidades. A partir deste conhecimento, podemos desenvolver trilhas educacionais personalizadas e adequadas.

Os modelos padrão e suas práticas usuais de ensino têm sobrevivido porque níveis razoáveis de sucesso puderam ser observados no passado, eu disse no passado, gerando a expectativa de que, provendo informações com competência e evitando os tropeços, teríamos solução educacional também para o presente e, eventualmente, até mesmo para o futuro. Nada mais ingênuo. Os velhos tempos, onde razoáveis eficiências e eficácias educacionais foram observadas, se caracterizam, principalmente, pela previsibilidade do mundo do trabalho, por demandas profissionais bem estabelecidas e futuros próximos razoavelmente conhecidos. Os novos tempos apresentam mudanças profundas, implicando em desafios inéditos, onde o ensino tradicional, tal como o praticamos, dá mostras claras de incapacidade de decifrá-los ou resolvê-los.

Entre as rápidas mudanças em curso está aquela que torna progressivamente a informação o produto mais disponível e o mais barato da atualidade. O surgimento de uma sociedade em que a informação está totalmente acessível, instantaneamente disponibilizada e gratuitamente adquirível traz consequências educacionais ainda não assimiladas e, por vezes, sequer percebidas. As ênfases e os focos demandam imediatas mudanças, em especial deslocando o centro do processo de aprendizagem baseado no simples saber, enquanto ser informado, em direção ao complexo saber resolver, baseado na informação assumida como completamente disponível, instantânea e gratuita.

Mais do que o simples acesso à informação, gerir corretamente o conhecimento disponível, trabalhar em equipe e assim decifrar e resolver os problemas passam a ser atitudes fundamentais, tanto no mundo profissional como no dia-a-dia. O ensino segmentado e com terminalidades definitivas dá lugar à educação permanente ao longo da vida, onde o aprender a aprender é mais relevante do que o aprender em si. Mais importante do que aquilo que foi aprendido, é ampliar a consciência e o domínio acerca dos mecanismos associados a como se aprende.

Assim, na 4ª Revolução industrial impõem uma realidade em que é mais importante focar no processo de aprendizagem e nos procedimentos de superação, após o erro, do que a obsessão simples por, a partir das informações adquiridas, tentar nunca tropeçar. Não há nenhuma garantia de que aqueles que nunca tropeçaram saberão levantar, caso errem. Mas há fortes indicadores de que aqueles que aprenderam a aprender terão todas as condições de enfrentar os tombos. Muito mais importante que evitar tropeços, portanto, é aprender a levantar.

Autor: Janilton Maciel Ugulino
E-mail: janilton@lean.eng.br

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para O Aprendizado do Fracasso

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Luis Nascimento

Luis Nascimento

Ótimo texto professor, mais uma vez me ajudou a olhar por uma perspectiva diferente, ou seja informação são os pontos dispersos em um plano, o conhecimento é a capacidade de conectar esses pontos visando solucionar o problema. Qualquer um pode ter acesso ao pontos mas saber conectar eles adequadamente é a grande questão.
★★★★★DIA 20.07.17 18h29RESPONDER
Janilton Maciel Ugulino
Enviando Comentário Fechar :/
Janilton Maciel Ugulino

Janilton Maciel Ugulino

Parabéns Luis, bom saber e principalmente acompanhar a sua evolução profissional e acima de tudo a sua luta contra o conformismo, querendo ser um profissional diferenciado e se adequando as reais necessidades do mercado, veja que tudo se inicia em processos de falhas e acertos, aprenda com os erros, anote as falhas, pois elas serão elementos de visão para lhe mostrar a direção a qual você deve seguir, muito bom ter você por aqui fomentando os debates e estimulando a gente a evoluir sempre mais. Parabéns novamente e sucesso, qualquer coisa estamos por aqui.

★★★★★DIA 21.07.17 10h18RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/